CPTM RFSA mrs refer

Sindicato dos Ferroviários de São Paulo




Sindicato na manifestação contra a reforma da previdência


proposta pelo governo é para ninguém se aposentar

 

Aposentadoria é um direito do trabalhador; receber a contrapartida pelo tempo que trabalhou e contribuiu é uma forma de dar dignidade aos que fizeram sua parte.

A reforma da previdência proposta pelo governo tem como ponto central o novo regime de idade e de tempo de contribuição para aposentadoria.

Hoje soma-se a idade e o tempo de contribuição, que deve ser de 85 anos para mulheres e 95 anos para homens
Com a mudança proposta pelo governo é preciso ter 65 anos de idade mais 49 anos de contribuição para receber 100%
O projeto define ainda 25 anos como tempo mínimo para receber 76% do benefício (só recebe 100% com 49 anos de contribuição)
Acreditamos que essa reforma significa um retrocesso para a classe trabalhadora. Além de ampliar o tempo de trabalho, vai dificultar o acesso de todos os trabalhadores aos benefícios.

Por isso é hora de cada trabalhador se posicionar, manifestar seu descontentamento com essas mudanças que ora o governo apresenta. Se forem necessárias, devem ser feitas depois de um amplo debate com a classe trabalhadora e não empurrada goela a baixo.

Vamos buscar o apoio de todos os deputados e senadores. Afinal, eles devem ouvir a voz daqueles que os elegeram para representá-los: o povo brasileiro, e nesse caso, os trabalhadores, de ontem, de hoje e os que virão!

Eluiz Alves de Matos

Presidente


- História do Sindicato

O que você achou do novo site?


gostei
não gostei

Endereço da Sede: Praça Alfredo Issa, 48, 19º e 20º andares, Santa Efigênia, São Paulo - SP Telefone: (11) 3328-6088

© Sindicato dos Trabalhadores em empresas Ferroviárias de São Paulo - Desenvolvido por André Martins