CPTM RFSA mrs refer

Sindicato dos Ferroviários de São Paulo

Coluna do Diretor

Acordo Coletivo de Trabalho

Companheiros!

As mudanças estão acontecendo muito rápido no mundo e é sabido, que para nossa sobrevivência, necessitamos buscar continuamente por inovações. Essas mudanças repentinas nos trazem insegurança, ansiedades e incertezas porque juntamente com a modernidade vem as informações em excesso, muitas vezes utilizadas de forma inconseqüente.
Assinamos mais um acordo coletivo. Atentos ao processo de modernização, buscamos inovar nosso contrato coletivo de trabalho. Nossa organização sindical acompanha essas mudanças se preparando continuamente de forma a acrescentar melhorias em favor da classe trabalhadora ferroviária.
Muitos se preocupam somente com o valor a ser acrescido em nosso salário. Mas é bom que todos saibam que a diretoria do sindicato defende a reposição salarial e a melhora em nossa remuneração. Esclarecendo que, segundo a legislação trabalhista brasileira, salário é o valor pago como contra prestação dos serviços realizados pelo empregado, enquanto remuneração engloba este, mais outras vantagens a título de gratificação ou adicionais.
A diferença entre salário e remuneração, está no fato do primeiro dizer respeito apenas ao pagamento em espécie, determinado por aspectos tangíveis através de vantagens diretas e o segundo engloba opcionais, como alimentação, moradia, vestuário, plano de saúde, podendo ainda ter aspectos intangíveis que vão de encontro as vantagens psicológicas como por exemplo o simples fato de morar próximo ao local de trabalho pode ser levado em conta como valor de remuneração flexível. (Participação nos lucros e resultados é um tipo de remuneração flexível)

Companheiros!!!

A negociação coletiva trabalhista é a essência do Direito Coletivo do Trabalho. É o método mais importante para a solução de conflitos, é a forma do sindicato solucionar os problemas da classe trabalhadora Acompanhar as mudanças contemporâneas é muito importante, mas é essencial para o trabalhador estar atento ao processo de negociação sem a intervenção de terceiros.

Obrigada pelo apoio e pela credibilidade com relação ao nosso trabalho!
Adilson Alcântara da Silva
Diretor Social
 


Autor: Adilson

Colunas anteriores


Adilson Alcântara

Ivete

Dia 24 de janeiro, dia do aposentado

Fator Previdenciário. Quanto isto já tirou do trabalhador?

Dia 30 de abril

20 DE OUTUBRO

Orgulho de ser ferroviário! Orgulho de estar à frente do Sindicato que comemora 83 anos!

Está terminando mais um ano. Acabou 2015!

A caminho de mais uma vitória

A importância do trabalhador para o fortalecimento do sindicato e conquistas no acordo coletivo.

.

- História do Sindicato

O que você achou do novo site?


gostei
não gostei

Endereço da Sede: Praça Alfredo Issa, 48, 19º e 20º andares, Santa Efigênia, São Paulo - SP Telefone: (11) 3328-6088

© Sindicato dos Trabalhadores em empresas Ferroviárias de São Paulo - Desenvolvido por André Martins